domingo, 22 de janeiro de 2012

TANAJURAS, SEJAM BEM VINDAS!

Ela, a tanajura

Hoje vamos falar sobre um assunto que me transporta à minha infância na linda Serra da Ibiapaba, aqui no Ceará. Lá, para os que não sabem, as tanajuras (uma formiga alada, do sexo feminino, da família das saúvas) é uma das iguarias exóticas mais disputadas nessa época do ano. É nessa época em que a fêmea virgem, após acasalar, sai de seu formigueiro de origem para formar um novo formigueiro.

Esse processo, além de dar continuidade à espécie, serve também para simbolizar o início do inverno na região. Neste sábado, (21jan), as tanajuras deram esse tão aguardado sinal de inicio de inverno. Essas formigas saem de seus buracos após as primeiras chuvas para se reproduzir e fazer o tão esperado "voo nupcial”.

Os habitantes da Serra da Ibiapaba herdaram esse costume dos índios Muitos aproveitam para ganhar dinheiro caçando-as. Eu, em minha infância, passava todos os dias em que as tanajuras saiam de seus formigueiros fazendo isso, pois, além de ser extremamente divertido nos dava a certeza de momentos apetitosos à noite. Momento da degustação dessa delícia.

As pessoas gostam tanto do pequeno inseto que os compram e os guardam (congelados) para que sirvam de aperitivo nas festas de carnaval.. A iguaria é usada como tira gosto, e tem um sabor inigualável. Um litro de tanajura chega a ser vendido, até por mais de R$ 20,00 reais. Eu pagaria três vezes esse valor, já que, morando em Fortaleza não tenho mais como consumir essa delícia.

MODO DE PREPARAR: Coloque no fogo uma panela com um dedo de água; sal a gosto; uma porção de tanajuras, espere a água evaporar; frita as tanajuras por alguns minutos e pronto, esse é o modo mais simples de se preparar tanajuras para comer. Nem parece que estamos falando de formigas.

FONTE: www.tianguaemfoco.blogspot.com e http://www.panelaspernambuco.com/2010/04/caiu-tanajuras-no-agreste.html


Cachorrinho - tanajura que, após perder as asas, inicia a escavação de seu novo formigueiro

Morador da cidade de Tianguá segura o pequeno inseto

Durante a "caçada", os insetos são acondicionados em vidros com tampas (para que não voem)

Jovem segura uma porção dos insetos

Tanajura tentando ferroar o dedo de uma pessoa

Jovens tianguaenses caçando os "apetitosos" inseto
s

2 comentários:

Pedra do Sertão disse...

Nossa! Não sei como provaria essa iguaria! meu paladar não aprovaria, muito, não...rss!

Abraço,

Araceli

www.pedradosertao.blogspot.com

Paulo Gurgel disse...

23 Janeiro, 2012
Icewine e tanajuras
Há duas notas bem interessantes recém-postadas no blog VIDA E ARTE de Luciano Rocha:
VOCÊ SABE O QUE É ICEWINE?
TANAJURAS, SEJAM BEM VINDAS!
[...]
http://blogdopg.blogspot.com/2012/01/icewine-e-tanajuras.html#links

musica