quarta-feira, 22 de junho de 2011

OS PILARES DE LENA



Em Ulus Khangalassky (região) de Yakutia, no Extremo Oriente russo, a Sibéria mais dura e fria esconde num lugar remoto, uma formação rochosa de esmagadora beleza que o rio Lena tem ido esculpindo ao longo de milhares de anos até configurar uma paisagem única que deixa boquiabertos os ousados visitantes que se atrevem a aproximar-se: O bosque pedregoso de Lena (ou os pilares de Lena).


Esta floresta de pedra composta de colunas de rocha calcária que atingem 150 metros de altura, estende-se por 80 Kilómetros aos pés do rio Lena. Chegar aos Pilares de Lena não é fácil. Primeiro você tem que apanhar um avião até o aeroporto da cidade de Yakutsk, que com os seus 210.642 habitantes é considerada a maior urbe levantada sobre uma capa de gelo permanentemente congelado (permafrost) do mundo. Também é considerada como uma das localidades mais frias do mundo. No inverno a temperatura ali beira os -40 ºC.


Trata-se de uma paisagem cárstica, que sofreu erosão por milhares de anos, e com uma riqueza geológica que guarda muitas evidências de formas de vida desaparecidas. No lugar do bosque de pedra de Lena encontraram-se fósseis de mamute, e outros elos perdidos desde tempos do Cambriano. Mas, além de suportar inúmeras formas de vida com 464 espécies catalogadas de plantas e fauna abundante, a peculiaridade, é que um das paisagens mais belas da Rússia, é também a mais inacessível aos turistas.


Bem, se você é corajoso e gosta de desafios, fica aí nossa dica para sua próxima viagem:

























2 comentários:

LÚCIA HELENA disse...

Maravilhosa postagem, aliás, todas!

L.helena de Natal/RN

Beatriz disse...

Muitoooooo Lindooooooooooo
Ameiiiiiiiiii <33

musica